Lições em tempos de Pandemia: Oitava lição Humildade



A atitude da humildade é a mais difícil das virtudes a serem desenvolvidas em nós, pois tem uma relação direta com o nosso ego, eu objetivo, personalidade consciente, a maneira que os apresentamos e somos percebidos pelos outros, e portanto, passa pela nossa capacidade de sermos íntegros, honesto com nós e com os outros. É importante ter claro que para ser humilde não é necessário anular sua personalidade, e nem ser submisso aos outros.

O caminho a ser percorrido exige auto observação e, buscar colocar o ego a serviço de ações éticas, justas, boas, leais. Por exemplo, se percebo que tenho a tendência de menti, devo me esforçar para ser o mais verdadeiro possível, e dessa forma admitir que errou, o que não sabe algo, ou que gostaria de aprender é a expressão de sua integridade e, por isso é humilde a sua atitude.

Quem anseia por glórias, elogios e vantagens é o ego, podemos dizer que é lado orgulho do nosso ego. A humildade é a uma expressão da integridade de uma pessoa altruísta, confiante, tolerante e desapegada. Claro que buscar certa satisfação é normal, desde que sejam permeadas pelos valores e princípios com certeza será construtiva para si e para os outros.

O oposto da humildade é o complexo de superioridade, hipertrofia do ego, e resulta do excesso de confiança. As atitudes são danosas, pois levam a pessoa a ter atitudes arrogantes, intolerantes, destrói relacionamentos e possibilidades de uma vida mais leve. Nestes tempos que vivemos de Pandemia, percebemos o quão danoso é arrogância, pessoas que se arriscam em aglomerações por se sentir confiantes demais, por acreditarem que sabem mais do que os cientistas, apenas porque leu algumas mensagens de whatsapp de fontes que ele desconhece.

A vida de milhares de pessoas foram ceifadas por esse vírus, mas ele teve ao auxílio de muitas pessoas que por sua arrogância, pelo se apego excessivo aos bens matérias, tem estimulado as pessoas a se arriscarem, e se arriscam não adotando as orientações da ciência, mesmo hoje com todos a facilidade de acesso a informações essa doença tem sido avassaladora, pois não há tecnologia que possa vencer um ser humano inundado da seu excesso de confiança, a falta de humildade pode ser a sua ruína e de toda uma sociedade.

Muitos podem se perguntar para sermos humildes, o que se ganha com isso? O orgulho é uma péssima fonte de inspiração, devido ao excesso de confiança leva a precipitação, conduz a intolerância, bem como contribui para posturas fanáticas, sendo que quanto maior for arrogância mais se cria um campo favorável a agressões. Nesta Pandemia somos confrontados com os efeitos nefastos do fanatismo, do excesso de arrogância quando vemos profissionais da saúde sendo agredidos, ou quando vemos pessoas fazendo campanhas para o fim do isolamento quando temos uma curva de contágio aumentando de forma assustadora no Brasil.

Lembre és um entre bilhões de seres humanos, para o Universo és um grão de areia, uma poeira das estrelas. Então, vamos nos conectar com o que nos torna seres melhores, não seja o cisco que machuca os olhos, seja a brisa que alivia e refresca. A humildade te liberta da necessidade de saber mais do que os outros, da tensão de ter que ser o que não é. Ser humilde elimina o medo de ser descoberto em seu não saber e, poderá ficar no lugar encantador de ser um eterno aprendiz.

Vamos aprender com essa Pandemia a ser melhor conosco e com o mundo, a humildade de entender que precisamos desse belo planeta para existir, e que precisamos aprender como agir para sermos um bem para a humanidade. Temos a história que nos mostra que toda vez que grupos humanos adotaram atitudes de arrogância, prepotência e fanatismo o resultado foi guerras, e imensas perdas de vidas humanas.

A Pandemia é uma guerra para ser vencida com o autocuidado, com o respeito a vida de todos, pela colaboração e aceitação de que não somos nada sozinhos, precisamos de todos na sociedade para sermos capazes de vencer esse vírus.

Seja humilde e se tornarás um grande ser humano, a humanidade agradece!

e

A atitude da humildade é a mais difícil das virtudes a serem desenvolvidas em nós, pois tem uma relação direta com o nosso ego, eu objetivo, personalidade consciente, a maneira que os apresentamos e somos percebidos pelos outros, e portanto, passa pela nossa capacidade de sermos íntegros, honesto com nós e com os outros. É importante ter claro que para ser humilde não é necessário anular sua personalidade, e nem ser submisso aos outros.

O caminho a ser percorrido exige auto observação e, buscar colocar o ego a serviço de ações éticas, justas, boas, leais. Por exemplo, se percebo que tenho a tendência de menti, devo me esforçar para ser o mais verdadeiro possível, e dessa forma admitir que errou, o que não sabe algo, ou que gostaria de aprender é a expressão de sua integridade e, por isso é humilde a sua atitude.

Quem anseia por glórias, elogios e vantagens é o ego, podemos dizer que é lado orgulho do nosso ego. A humildade é a uma expressão da integridade de uma pessoa altruísta, confiante, tolerante e desapegada. Claro que buscar certa satisfação é normal, desde que sejam permeadas pelos valores e princípios com certeza será construtiva para si e para os outros.

O oposto da humildade é o complexo de superioridade, hipertrofia do ego, e resulta do excesso de confiança. As atitudes são danosas, pois levam a pessoa a ter atitudes arrogantes, intolerantes, destrói relacionamentos e possibilidades de uma vida mais leve. Nestes tempos que vivemos de Pandemia, percebemos o quão danoso é arrogância, pessoas que se arriscam em aglomerações por se sentir confiantes demais, por acreditarem que sabem mais do que os cientistas, apenas porque leu algumas mensagens de whatsapp de fontes que ele desconhece.

A vida de milhares de pessoas foram ceifadas por esse vírus, mas ele teve ao auxílio de muitas pessoas que por sua arrogância, pelo se apego excessivo aos bens matérias, tem estimulado as pessoas a se arriscarem, e se arriscam não adotando as orientações da ciência, mesmo hoje com todos a facilidade de acesso a informações essa doença tem sido avassaladora, pois não há tecnologia que possa vencer um ser humano inundado da seu excesso de confiança, a falta de humildade pode ser a sua ruína e de toda uma sociedade.

Muitos podem se perguntar para sermos humildes, o que se ganha com isso? O orgulho é uma péssima fonte de inspiração, devido ao excesso de confiança leva a precipitação, conduz a intolerância, bem como contribui para posturas fanáticas, sendo que quanto maior for arrogância mais se cria um campo favorável a agressões. Nesta Pandemia somos confrontados com os efeitos nefastos do fanatismo, do excesso de arrogância quando vemos profissionais da saúde sendo agredidos, ou quando vemos pessoas fazendo campanhas para o fim do isolamento quando temos uma curva de contágio aumentando de forma assustadora no Brasil.

Lembre és um entre bilhões de seres humanos, para o Universo és um grão de areia, uma poeira das estrelas. Então, vamos nos conectar com o que nos torna seres melhores, não seja o cisco que machuca os olhos, seja a brisa que alivia e refresca. A humildade te liberta da necessidade de saber mais do que os outros, da tensão de ter que ser o que não é. Ser humilde elimina o medo de ser descoberto em seu não saber e, poderá ficar no lugar encantador de ser um eterno aprendiz.

Vamos aprender com essa Pandemia a ser melhor conosco e com o mundo, a humildade de entender que precisamos desse belo planeta para existir, e que precisamos aprender como agir para sermos um bem para a humanidade. Temos a história que nos mostra que toda vez que grupos humanos adotaram atitudes de arrogância, prepotência e fanatismo o resultado foi guerras, e imensas perdas de vidas humanas.

A Pandemia é uma guerra para ser vencida com o autocuidado, com o respeito a vida de todos, pela colaboração e aceitação de que não somos nada sozinhos, precisamos de todos na sociedade para sermos capazes de vencer esse vírus.

Seja humilde e se tornarás um grande ser humano, a humanidade agradece!


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Basic Square

Rua: Coronel Santiago, 627

Anita Garibaldi , Joinville - SC

Whatsapp: 47 98483 1510

​© 2016 por Marínea Fediuk - Todos os Direitos Reservados a Marínea Fediuk. Orgulhosamente criado por Anchieta R.