Lições em tempos de Pandemia: Sétima lição Integridade

A integridade é um princípio que fundamenta a dignidade humana, mas num mundo tumultuado, controverso, repleto de injustiças ser íntegro é uma tarefa difícil. Mas, a superação dessa Pandemia vai depender da integridade dos seres humanos para agir de maneira coerente, justa e digna.

Sim, ser íntegro é um grande desafio diário, pois temos que nos confrontar com a nossa própria imperfeição e a nossa fraqueza diante de tantas tentações de adotarmos o caminho mais fácil. Nestes 24 anos de trabalho em psicologia clínica, bem como as duas décadas de psicoterapia pessoal, me deixam confortável para afirmar que a maioria dos nossos sofrimentos, advém do fato de em alguns momentos escolhemos o caminho fácil e não o bom caminho.

Você dever estar se perguntando que quero dizer com essa metáfora dos caminhos? Bom, vamos esclarecer, o caminho fácil é fazer aquilo que me mantém na zona de conforto, no conhecido, no lugar de menos esforço, necessariamente esse não é caminho da paz e da felicidade. Pode ser que a pessoa apenas escolha não fazer nada com relação a uma injustiça que presenciou, ou simplesmente que como não havia ninguém olhando não lavou as mãos ao sair do banheiro, na realidade atual ao chegar do supermercado. Contar mentiras mesmo que inocentes, apenas para agradar, ou para evitar desagradar alguém, ou deixar de chamar atenção do filho que teve uma atitude mal educada, estes são exemplos de pequenas tentações que se cedemos, estamos optando pelo caminho mais fácil no momento, mas que podem trazer consequências graves no futuro. Reveja cada exemplo e pense nas consequências possíveis.

A integridade está relacionada com o respeito aos valores morais que acreditamos, e com a consciência de que estes valores precisam estar em harmonia com o bem estar físico, psíquico e espiritual dos outros. Essa afirmação é séria e exige maturidade para ser compreendida e vivenciada na prática. Se os seus valores morais agridem alguém, não está de acordo com o que se compreende por integridade, pois esta inclui a honestidade.

A honestidade inclui não mentir para si e para os outros, por exemplo, você se diz cristão e o primeiro e maior mandamento diz, “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo.”, dessa maneira suas ações precisam ser de respeito a você e de respeito com o outro, seja ele quem for, se neste momento em que as atitudes definiram o avanço ou não deste vírus, você não se amar, não irá se cuidar adequadamente e, logo não irá amar o próximo, pois a sua falta de autocuidado colocará o seu próximo em risco.

Aprofundando mais um pouco podemos dizer que uma pessoa íntegra, justamente por ser honesta terá clareza de que a equidade social é a única forma de justiça, essa compreensão exige de todos honestidade corajosa, pois irá desnudar as diferenças sociais, e nos colocará na condição de perceber que sim muitas vezes somos injustiçados, mas muitas vezes estamos do lado daqueles que são mais beneficiados, as vezes pela nossa condição econômica, as vezes pela raça, pela religião, enfim pelo lugar que nascemos.

A pessoa que buscar ser íntegra irá buscar o respeito ao que pertence ao outro, sejam bens materiais, conteúdos intelectuais , ideias, projetos, enfim desde o simples post de rede social que você apreciou, se você copiar sem dar o devido crédito a quem o criou, não estará sendo honesto, pois não respeitou o que é do outro. Me sinto feliz quando vejo pessoas dizendo adorei o que escreveu posso compartilhar, essa simples atitude demonstrar integridade e, me faz admirá-la.

Outra forma de desonestidade que afasta as pessoas de serem íntegras é usar de seu carisma natural ou do seu poder para manipular as pessoas para obter o que deseja, por exemplo neste momento de Pandemia, publicar fake News, fazer vídeos no youtube ou outras formas de levar milhões de pessoas ao erro. Para usar um exemplo público internacionalmente, o Presidente de uma das maiores potenciais mundiais sugere para que as pessoas usem desinfetante para se curarem dos sintomas do COVID-19, sem base cientifica alguma, apenas de forma irresponsável tentando minimizar a Pandemia e levar as pessoas a pensarem que devem voltar a serem produtivos para que a economia volte a gerar lucros. Mas, infelizmente mesmo parecendo absurdo para a maioria de nós, muitas pessoas que o admiram e o veem como um grande líder acreditaram, e houve centenas de pessoas com intoxicação por fazerem o que sugeriu essa autoridade.

Muitos podem pensar, mas eu não tenho esse poder, não se engane, estamos sempre influenciando pessoas, pela nossa forma de agir, de se comunicar e podemos influenciar nossos filhos, amigos e nas redes sociais podemos influenciar muitos desconhecidos. Neste momento as redes sociais têm sido inundadas por fake News sobre o corona vírus, e muitas são construídas até com uma linguagem para parecerem cientificas, no entanto, não passam de manipulações para conduzir as pessoas ao erro. Essa realidade nos impõe mais responsabilidade e integridade, pois não devemos ser aqueles que irão compartilhar falsas informações.

É importante pontuar que a pessoa íntegra é incorruptível, e nossa nação sofre com esse comportamento, muitos se utilizam do ditado popular que diz: O fim justifica os meios. Quando essa forma de agir nos leva a desonestidade com danos para a toda sociedade, em benefício de poucos. É difícil sermos incorruptíveis porque tendemos agir em função das nossas necessidades, das nossas opiniões e crenças e, precisamos fazer um esforço consciente para não agir de forma fútil, esse esforço de buscarmos sermos honesto e justo para além de nossos interesses particulares.

O uso da coerção, da agressão e da manipulação, da enganação jamais são estratégias de um pessoa íntegra, pois estas fazem parte daqueles que são incapazes de demonstrar a validade de suas afirmações ou vontades, bem como sabem que algo não é justo e, portanto usam da agressão e manipulação para obterem vantagem. E, tenho certeza de que todos nós já sofremos e/ou estamos sofrendo os efeitos dessa falta de integridade individualmente ou socialmente.

A Pandemia será vencida, e conseguiremos diminuir os números de vítimas se formos íntegros, se formos honestos em cada atitude, temos condições de buscar as informações cientificas mais indicadas para sermos leais a proteção da nossa vida e contribuir para proteger a vida de todos. Todos estamos vivendo um contexto de insegurança, mas se buscarmos em nossa relação com o mundo a integridade teremos como recompensa um sentimento de paz.

Lembre-se a hipocrisia, a desonestidade e a agressividade podem conseguir vantagens, mas jamais irá construir e possibilitar a paz, bem como não trazem a sensação de mente e coração serenos.



Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • YouTube Social  Icon
  • Facebook Basic Square

Rua: Coronel Santiago, 627

Anita Garibaldi , Joinville - SC

Whatsapp: 47 98483 1510

​© 2016 por Marínea Fediuk - Todos os Direitos Reservados a Marínea Fediuk. Orgulhosamente criado por Anchieta R.